adsense

siga a gente no twitter

curta nossa página no facebook

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Cérebro de gamers funciona de modo semelhante ao de viciados

Pesquisa mostra que atividade cerebral de jogadores é muito parecida com a de viciados. Liberação de hormônio de prazer e satisfação é o principal indicativo.

 




(Fonte da imagem: Nature)
Uma pesquisa decidiu comprovar a veracidade de uma das maiores incógnitas da tecnologia: o vício em games. Você certamente já deve ter sido chamado de viciado em algum momento de sua vida, mas certamente nunca soube que a acusação estava correta. De acordo com um relatório publicado pelo Translational Psychiatry da Nature, o cérebro de um gamer funciona exatamente como o de um adicto.
O relatório aponta um maior desenvolvimento da área relacionada ao sentimento de recompensa. Quando esse estímulo acontece, uma quantidade maior de dopamina – hormônio responsável pelo prazer e pela satisfação – é liberada no organismo, de modo semelhante ao que ocorre com a maioria das pessoas que possui algum tipo de vício.
Além disso, o estudo mostra outros resultados interessantes. No grupo de 154 crianças de 14 anos submetidas a um exame de ressonância magnética, foi constatado que os jogadores mais ativos possuem também um desenvolvimento maior da região do cérebro que controla a noção de vitória e derrota, além de serem mais maleáveis na hora de realizar ou não trapaças.


Nenhum comentário:

Postar um comentário